Caderno Riscos quimicos interessante

Caderno Riscos quimicos interessante

  1. Geovana26
    Caderno Riscos quimicos interessante
    Transcript Header:
    Caderno Riscos quimicos interessante
    Transcript Body:
    • 1. CENRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PERNAMBUCO Curso Técnico em Química Industrial RISCOS QUÍMICOS + EPI + EPC Professores Ana Carmela, Dulce Lins e Eduardo Alécio PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 2. ACIDENTES: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 3. ACIDENTES: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 4. ACIDENTES: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 5. ACIDENTES: PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 6. CURVA DE ACIDENTES COSTA, M.A.F. 1996 PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 7. Riscos Químicos em Laboratórios de Química e Biotecnologia PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 8. O Que é Química?O Que é Química? “Química é uma Ciência Experimental que estuda a estrutura, composição e a transformação da matéria”. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 9. Conceitos Ácidos: Compostos com ions hidrogênio que em presença de alguns solventes reage produzindo íons hidrogênio (H+). Bases: Substâncias capazes de liberar íons OH - Substância Química (Agente tóxico, Xenobiótico) Agente com atividade potencial intrínseca, capaz de danificar um sistema biológico quando absorvido pelas diversas vias de penetração. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 10. Pictogramas E F+ F O Explosivo Extremamente Inflamável Altamente Inflamável Oxidante PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 11. Pictogramas T+ T Xi C N Tóxico / Muito Tóxico Irritante / Nocivo Corrosivo Perigoso ao Meio-Ambiente PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 12. Conceitos Toxicidade: É a medida do potencial tóxico de uma substância. Toxicidade Aguda: Efeitos tóxicos produzidos por única ou múltiplas exposições a uma substância por um curto período, inferior a um dia. Geralmente as manifestações ocorrem rapidamente. Toxicidade Crônica: Efeitos tóxicos após repetidas exposições , por um período longo de tempo, geralmente durante toda a vida do animal ou aproximadamente 80% do tempo de vida. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 13. Conceitos Mutagenicidade: Substância química capaz de induzir mutações genéticas, e que podem ser transmitidas durante a divisão celular. Carcinogenicidade: Substância capaz de produzir câncer ou tumores em animais de laboratório e no homem. Teratogenicidade: Substância capaz de desenvolver malformação no embrião em desenvolvimento. Outros Conceitos: DL 50, Reação alérgica, etc. Idiossincrasia: reatividade anormal, geralmente nociva, geneticamente determinada a uma substância química PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 14. Riscos Químicos Provocados por substâncias que possam penetrar no organismo pela via respiratória, ou serem absorvidas pelo organismo através do contato com a pele ou ingestão. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 15. Riscos Químicos Causas Possíveis de Acidentes: • Instrução não adequada • Mau planejamento • Supervisão incorreta e/ou despreparada • Não seguimento das normas • Prática inadequada • Manutenção incorreta • Mau uso de EPI e/ou EPC • Material de origem desconhecida • lay-out inadequado • Jornada excessiva de trabalho PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 16. Risco Primário: A fonte do risco (p.ex. Frasco de Éter) Risco Secundário: A fonte do risco + Ato Inseguro (p.ex. Frasco de Éter + Proximidade Fonte de Calor) Risco Terciário: A fonte do risco + Ato Inseguro + Condição Insegura (p.ex. Éter + Proximidade Fonte de Calor + Ventilação Deficiente) PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 17. Riscos Químicos Vias de Penetração: RESPIRATÓRIA • Área alveolar 80 - 90 m2 • Absorção Sistêmica • Consumo ar 10-20 Kg/dia MAIOR GRAU DE RISCO PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 18. Elaboração: Eduardo Alécio Vias de Penetração: DÉRMICA • Absorção de Produtos Lipossolúveis • Ação local Irritante Primária • Situações: • Barreira Protetora • Ação generalizada • Sensibilização Riscos Químicos PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 19. Vias de Penetração: ORAL • Descumprimento de normas de higiene • Via Secundária Riscos Químicos PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 20. Riscos de Características Químicas: •Reações de Decomposição: Estocagem Inadequada, Choque mecânico, Fricção. (H2O2, HClO4, Sais de Diazônio) •Reações de Polimerização: Polimerização de Monômeros(Cloreto de vinila, Óxido de Etileno, Estireno, Hepicloridina, Acrilamida) •Reação com o Ambiente: Inflamabilidade Espontânea com o ar (Pó fino de NaH, SiH4) Formação de Peróxidos PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 21. Riscos de Características Químicas: •Reações com Água: Liberação de Hidrogênio (Anidrido Acético, Anidrido Fosfórico, PCl5, PCl3, NaH, F , Nao, Ko, Cao , CaO, ) •Reações com Liberação de Produtos Tóxicos:(KCN, NaCN) PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 22. Exemplos de Substâncias de Alto Risco Químico: • Mutagênicas: Azida Sódica, Hidroxilamina, Brometo de Etidium • Cancerígenas ao Homem: Aflatoxinas, Microcistina-LR, Benzeno, Cloreto de vinila. • Provavelmente Cancerígenas: Acrilamida, Formaldeído, Sílica cristalina, Brometo de vinila. • Teratogênicas: Dimetilmercúrio, Cloreto de vinila, Sais de lítio. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 23. B I O S S E G U R A N Ç A “CONJUNTO DE MEDIDAS VOLTADAS PARA A PREVENÇÃO, MINIMIZAÇÃO OU ELIMINAÇÃO DE RISCOS INERENTES ÀS ATIVIDADES DE PESQUISA, PRODUÇÃO, ENSINO, DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, AS QUAIS POSSAM COMPROMETER A SAÚDE DO HOMEM, DOS ANIMAIS, DO MEIO-AMBIENTE OU A QUALIDADE DOS TRABALHOS DESENVOLVIDOS.” PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 24. BIOSSEGURANÇABIOSSEGURANÇA em Laboratórios de Química e Biotecnologia EEquipamentos de PProteção IIndividual PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 25. EPIEPI Dispositivo de uso pessoal destinado aDispositivo de uso pessoal destinado a preservar a incolumidade do usuário nopreservar a incolumidade do usuário no exercício de suas funçõesexercício de suas funções • Última Medida de Proteção • A Cada Trabalho e a cada Risco um EPI • Deve Proteger contra os Riscos e Gerar Proteção contra Condições Incômodas PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 26. PROTEÇÃO DOS OLHOSPROTEÇÃO DOS OLHOSEPI PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 27. PROTEÇÃO DOS OLHOSPROTEÇÃO DOS OLHOSEPI PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 28. EPI PROTEÇÃO DO ROSTOPROTEÇÃO DO ROSTO Protetores FaciaisProtetores Faciais: Acetato Celulose PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 29. EPI PROTEÇÃOPROTEÇÃO AUDITIVAAUDITIVA • Só utilizar como Último Recurso • Limite: 90 a 100 decibéis • No Trabalho Proteger: > 85 decibéis • Atenuação: 115-120 dB => 25-30 dB PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 30. EPI PROTEÇÃO DAS MÃOSPROTEÇÃO DAS MÃOS • Luvas de Borracha, Látex, Neoprene e PVC: Para Materiais Químicos/Corrosivos PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 31. EPI PROTEÇÃO DAS MÃOSPROTEÇÃO DAS MÃOS • Luvas de Couro: Aparas, objetos ásperos, temperatura, etc. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 32. EPI PROTEÇÃO DOS PÉSPROTEÇÃO DOS PÉS Fechado, Solado Anti-Derrapante e Resistente a Impacto PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 33. EPI PROTEÇÃO DO TRONCOPROTEÇÃO DO TRONCO Aventais Tecido: Trabalhos Secos Sem Chama Aventais Plásticos: Lavagem / Ácidos / etc. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 34. PROTEÇÃO VIAS RESPIRATÓRIASPROTEÇÃO VIAS RESPIRATÓRIAS Máscaras (Materiais):Máscaras (Materiais): EPI • Fibroso: Poeira, Fumos, etc. PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 35. Máscaras:Máscaras: ••Carvão Ativo:Carvão Ativo: Álcool e Derivados de PetróleoÁlcool e Derivados de Petróleo ••Outros reativos:Outros reativos: Ácidos, Orgânicos, NHÁcidos, Orgânicos, NH33, HCN, Cl, HCN, Cl22, CO, CO22.. PROTEÇÃO VIAS RESPIRATÓRIASPROTEÇÃO VIAS RESPIRATÓRIASEPI PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 36. BIOSSEGURANÇABIOSSEGURANÇA em Laboratórios de Química e Biotecnologia EEquipamentos de PProteção CColetiva PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 37. Armazenamento de Produtos QuímicosArmazenamento de Produtos Químicos EPCEPC PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 38. Chuveiros de Segurança / LavaChuveiros de Segurança / Lava--OlhosOlhos EPCEPC PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 39. Controle de ResíduosControle de Resíduos EPCEPC PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 40. Extintores de IncêndioExtintores de IncêndioEPCEPC PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 41. Capelas de ExaustãoCapelas de Exaustão EPCEPC PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    • 42. Capelas de Fluxo LaminarCapelas de Fluxo Laminar EPCEPC PDF created with pdfFactory trial version www.pdffactory.com
    View More